20 C
São João del-Rei
sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Coluna

Início Opinião Coluna

TREM DE MINAS: QUEM OUVIU O APITO DA MARIA FUMAÇA NO CAMPUS DA...

A fotografia que registra a passagem da Maria Fumaça pelo CTAN é uma das preferias do estoquista Gustavo Zenquini Teixeira, 23 anos, que, apesar de nunca ter cursado uma universidade, é um expert em pesquisas sobre memória ferroviária.
Trem giff

TREM DE MINAS: TIRADENTES É REABERTA AO TURISMO… MAS ‘ONQUETÁ’ O APITO DA MARIA...

Autor do livro “Memória Ferroviária”, o professor, pesquisador e escritor tiradentino Luiz Antônio da Cruz sabe o quanto a ferrovia e a cultura brasileira – especialmente a mineira - estão entrelaçadas. E compreende o quanto cada estação desativada deixa sequelas na história do país e dos seus habitantes.

TREM DE MINAS: O QUE ACONTECE QUANDO AS CRIANÇAS, OS LOUCOS E O MITO...

Conheça a história e as histórias do espetáculo Ser Minas Tão Gerais, o musical brasileiro, mineiro, negro, mestiço, universal que conciliou tão bem os símbolos da mineiridade que a fez universal o suficiente para encantar o Brasil e mundo.

COLUNA DICAS LEGAIS: A TECNOLOGIA E O CONSUMIDOR 5.0

Em tempos de internet, os consumidores ficaram cada vez mais exigentes e seletivos, confira mais:

TREM DE MINAS: MESMO ATRASADA, RESTAURAÇÃO DA ESTAÇÃO CESAR DE PINA VAI UNIR PASSADO...

Os moradores de Tiradentes e região esperam há tantas décadas pela restauração da Estação Cesar de Pina que nem se abalaram com as notícias de que a conclusão da obra, prevista inicialmente para novembro, vai demorar mais um pouquinho. A expectativa para o novo uso da edificação histórica é tão grande que supera qualquer impasse: se cumprir o previsto no projeto, Cesar de Pina vai unir passado e futuro na região. E isso agrada muito.

TREM DE MINAS – O TÚNEL DO TEMPO DA EFOM EM BARBACENA, O VIRADOURO...

A casa onde vivo hoje, em Barbacena, na Rua José de Alencar, no bairro Jardim, fica a menos de 50 metros de onde passavam os trilhos da antiga Estrada de Ferro Oeste de Minas (EFOM), a não mais de 150 metros do antigo viradouro dos trens, próximo da Ponte Seca, e a coisa de 200 metros do túnel Alberto Bernini, o único da linha inaugurada por D. Pedro II, em 1881.

COLUNA PRÓXIMA TENDÊNCIA: EM TEMPOS DE PANDEMIA, QUAL SERÁ ELA?

Afinal de contas, perante a tudo que temos passado, onde a grande parte da população mal tem dinheiro para o básico, qual é o papel e o lugar da moda? Como ela será daqui pra frente?

COLUNA DICAS LEGAIS: OS DIREITOS DO CONSUMIDOR NOS BARES, RESTAURANTES E BALADA

Muitas vezes os consumidores passam por certas situações na balada e não sabem como proceder por desconhecer seus direitos. É muito importante saber o que se pode e o que não pode ser cobrado em bares, restaurantes, danceterias, casas noturnas em geral.

COLUNA PRÓXIMA TENDÊNCIA: O LADO TÓXICO DA MODA

Se a moda fosse uma pessoa, e eu pudesse dar só um conselho para ela, daria dois tapinhas no seu ombro e falaria com toda certeza do mundo: amiga, você precisa de terapia. Ano passado, emagreci cerca de 10 kg por alguns problemas emocionais e, mesmo que a minha saúde estivesse péssima, percebi o privilégio que eu ainda tinha perto das pessoas que engordam, ouvindo comentários do tipo “nossa, agora sim você está linda, parece uma modelo”.

TREM DE MINAS: GUIMARÃES ROSA E O CONTO QUE IMORTALIZOU A DOR E A...

João Guimarães Rosa ainda estava longe de se transformar no monstro sagrado da literatura mundial quando, no dia 24 de abril de 1933, aos 25 anos de idade, desembarcou maravilhado de um trem de passageiros na Estação de Barbacena para assumir um novo trabalho e começar vida nova com a família. Entretanto, foi um outro trem que cruzava a cidade que ele imortalizou na sua obra, quase 30 anos depois: o ‘trem do sertão’, como o nomeia, ou o ‘trem de doido”, como ficou mais conhecido ao longo das décadas em que abasteceu de almas o Hospital Colônia, o temível manicômio de Barbacena.

NOTÍCIAS + POPULARES

Abrir chat
Quer entrar em contato?